• Home »
  • Capa »
  • Jovem cria drone barato para acabar com todas as minas terrestres

Jovem cria drone barato para acabar com todas as minas terrestres

drone-minas-1

Um jovem inventor criou um drone que é capaz de identificar e destruir minas terrestres, que matam ou deixam mutiladas 10 pessoas por dia no mundo.

Minas terrestres são artefatos explosivos escondidos em baixo da terra, usados para de evitar, ou dificultar o avanço de forças de guerra e carros de combate em campo de batalha.

O drone Mine Kafon mapeia facilmente, detecta e detona minas terrestres 20 vezes mais rápido do que a tecnologia de desminagem atual. Além disso é 200 vezes mais barato.

Para detonar a mina, o MKD leva no braço robótico um detonador pequeno e deposita em cima cada mina detectada.

Em seguida, ele sai e a mina terrestre é então detonada, a uma distância segura, usando um temporizador.

O criador do drone é o afegão Massoud Hassani, um jovem que cresceu em uma área do Afeganistão com cerca de 10 milhões de minas concentradas numa área de cerca de 500 quilômetros quadrados.

Hassani e seu irmão Mahmud receberam muita atenção da mídia para seu protótipo depois que eles começaram sua primeira campanha no Kickstarter para produção em 2012.

Só que na época o aparelho era essencialmente uma esfera feita do bambu, de ferro, e com plástico.

Muitas pessoas sugeriram adicionar um recurso de controle remoto para melhorar o design.

Logo, o novo e melhorado sistema de desminagem aerotransportado nasceu, e é um grande negócio.

drone-minas-2

História

Massoud Hassani começou sua carreira de inventor quando criou brinquedos eólicos, ainda criança.

Esses brinquedos se tornaram a inspiração para o drone, seu projeto de formatura 2011 da Academia de Design Eindhoven, na Holanda.

Até hoje, não há outra opção segura, ou acessível, para a detonação de minas terrestres.

Com os novos drones, Hassani pretende limpar todas as minas terrestres do mundo em menos de 10 anos.

Veja como o drone funciona:

Fonte: Só Notícia Boa com informações do EngenhariaE e TheVerge