• Home »
  • Capa »
  • Estar feliz aumenta imunidade contra a gripe, mostra estudo

Estar feliz aumenta imunidade contra a gripe, mostra estudo

gripe_feliz

Um grande remédio contra a gripe é ser feliz.

Não é brincadeira não! Um estudo da Universidade de Nottingham, na Inglaterra, revela que ser feliz melhora o sistema imunológico.

A pesquisa descobriu que pessoas mais felizes estavam melhor protegidas para a gripe de outono.

Isso ocorre porque o bom humor ajuda o sistema imunológico a reagir adequadamente durante a vacinação.

Os pesquisadores descobriram que estar no estado certo da mente no dia da vacina pode fazer com que o corpo produza até 14 por cento mais anticorpos, aumentando a proteção.

O professor Kavita Vedhara, da divisão de cuidados primários da universidade, disse:

“As vacinas são uma maneira incrivelmente efetiva de reduzir a probabilidade de contrair doenças infecciosas, mas o calcanhar de Aquiles é que sua capacidade de proteção contra doenças é afetada pelo funcionamento do sistema imunológico de um indivíduo.

“Sabemos há muitos anos que uma série de fatores psicológicos e comportamentais, como estresse, atividade física e dieta, influenciam o funcionamento do sistema imunológico e esses fatores também demonstraram influenciar o quão bem as vacinas protegem contra a doença”.

Teste com idosos

Os pesquisadores analisaram 138 pensionistas britânicos, já que pessoas mais velhas são as mais vulneráveis à gripe e as suas complicações.

Estima-se que entre 47 e 83% dos idosos não tenham sido protegidos, apesar de serem vacinados.

Acredita-se que o humor afete a eficácia da injeção porque nossas emoções e sistema imunológico estão ligados na mesma direção, nas regiões subcorticais do cérebro.

A pesquisa

Para testar isso, os pesquisadores questionaram as pessoas sobre o quão feliz eles estavam nas seis semanas em torno de sua injeção e no próprio dia.

Em seguida, eles calcularam a eficácia da injeção medindo a quantidade de anticorpo da gripe no sangue às quatro semanas e 16 semanas após a vacinação.

Eles descobriram como o que alguém sentiu no dia da vacinação afetou seus níveis protetores de anticorpos entre oito e 14 por cento.

Comédia faz bem

Em entrevista ao jornal Cérebro, Comportamento e Imunidade, os autores afirmaram que assistir a um filme de comédia ou praticar yoga pode aumentar o humor e a resposta imune das pessoas ao mesmo tempo.

O autor da pesquisa Kieran Ayling avaliou:

“Esperamos que efeitos semelhantes possam ser verdadeiros para todas as vacinas, especialmente em pessoas com sistemas imunológicos menos eficazes, como os idosos. Isso não quer dizer que o clima positivo possa ser a única maneira de promover a eficácia das vacinas “.

A equipe também mediu atividade física, dieta e sono nos 65 a 85 anos de idade, mas descobriu que isso não teve efeito.

Fonte: Só Notícia Boa com informações do Daily Mail.