É incrível o que uma pessoa pode fazer por amor à profissão.

Exemplo de dedicação, Abdul Mallik faz uma verdadeira maratona, todos os dias para lecionar.

Ele tem que atravessar um rio a nado, com água lamacenta até o pescoço.

O professor indiano mora em uma vila no distrito de Malappuram de Kerala.

Sua rotina começa às 9 horas.

Ele pega sua boia, que é uma câmera de pneu e carro, e coloca em torno da cintura.

Os livros e cadernos ele coloca em uma sacola de plástico.

Com tudo pronto, ele começa a nadar.

Sr. Mallik, como é conhecido poderia ir de ônibus, mas levaria mais tempo: “Se eu for de ônibus, eu demoro três horas para percorrer à distância de 12 km, mas nadando é mais rápido e eu consigo chegar a escola no tempo”, conta.

O professor, de 40 anos, repete essa rotina há 20 anos pra chegar ao trabalho.

Ambientalista convicto, muitas vezes ele leva seus estudantes a uma visita ao rio para convencê-los da necessidade de salvar o rio e mantê-lo limpo.

Com um salário baixo, a recompensa para ele está em outro lugar: ser recebido com entusiasmo pelos seus alunos.

E a festa é grande quando ele aparece.

Fonte: Só Notícia Boa com informações NDTV.

 

 

 

Deixe uma resposta